O que você não pode esquecer ao produzir conteúdo

O conteúdo utilizado como estratégia de Marketing não é algo que surgiu com a internet. No entanto, o crescimento da web potencializou a criação de conteúdo de uma forma nunca vista antes.

De acordo com a pesquisa da Custom Content Council and ContentWise, “Staffing and Compensation Study: How Organizations Staff Their Content Marketing Endeavors” (Estudo de Compensação e Trabalho: Como organizações investem no Marketing de Conteúdo – tradução livre), a contratação de funcionários dedicados em tempo integral ao conteúdo cresceu 148% entre 2000 e 2012. Nesse mesmo período, o aumento salarial desses profissionais foi de 214%.

Com a expansão da web, o desenvolvimento de conteúdo e vídeos aumentou significativamente, e o esforço que, antes, era dedicado aos materiais impressos, passou a ser focado cada vez mais no mundo virtual (veja gráfico abaixo). Isso tudo permitiu um alcance muito maior e a possibilidade de inovar ainda mais com esse tipo de estratégia.

O gráfico abaixo demonstra o tempo dedicado pelos profissionais de marketing em cada tipo de conteúdo:

grafc

Logo, as formas de apresentar um conteúdo tornaram-se ilimitadas: vídeos dos mais variados tipos ou durações, e-books, infográficos, artigos, apresentações para download, webinars, templates, podcasts, whitepapers, mobile contents etc.

Mas, você sabe o que todos esses conteúdos deveriam ter em comum e, muitas vezes, é deixado de lado?

Todo e qualquer conteúdo precisa ter um objetivo que vai além da compra e venda. E qual é esse objetivo que jamais deve ser esquecido? Respondo: o objetivo de ensinar alguma coisa.

De nada adianta criar um belo conteúdo, fazer reflexões brilhantes, empurrar o seu público para a compra do seu produto e não lembrar do que é mais essencial: de que forma a sua marca está contribuindo para a vida dele com esse material.

Quando uma pessoa dedica o tempo dela para ler um conteúdo, ela espera, com toda certeza, aprender alguma coisa. Além disso, se entrarmos mais a fundo na questão da educação, perceberemos que o Brasil deixa muito a desejar nessa área – oque, em grande parte, é o que nos impede de nos tornarmos país mais desenvolvido.

Você quer que seu público compre seu produto? Então ofereça o que é mais precioso: conhecimento.

Confira o post completo no Portal Ideia de Marketing (clique aqui)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *